bet365.co.uk

download theme

Glorioso Mártir São Sebastião, interceda por nós e dai-nos a sua proteção.

Forças Vivas

  • Escrito por 
  • Imprimir E-mail
Conheça como nossa Paróquia realiza seus trabalhos. Saiba como surgiu, para que serve e como participar de nossas Forças Vivas. Se quiser contribuir e enviar textos ou pedido de alteração, mande um email para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Conselhos
- Conselho Administrativo Paroquial (CAP)
- Conselho Paroquial de Pastoral (CPP)

Pastorais
- Pastoral da Catequese
- Pastoral da Comunicação
- Pastoral da Criança
- Pastoral da Juventude
- Pastoral da Moradia Santa Clara
- Pastoral da Moradia Santo Antônio
- Pastoral da Saúde
- Pastoral do Batismo
- Pastoral do Dízimo
- Pastoral do Tabernáculo
- Pastoral Familiar
- Pastoral Litúrgica
- Pastoral Vocacional

Movimentos
- Apostolado da Oração
- Congregação Mariana
- Irmandade do Santíssimo Sacramento
- Oficina de Oração e Vida
- OVS
- Mãe Rainha
- Novena do Santíssimo
- Renovação Carismática
- Vicentino - SSVP

Ministérios
- Acólitos
- Coroinhas
- Leitores
- Música
- Sagrada Comunhão

Irmandade
- Filhas de São Camilo

Instituto
- Instituto Secular Rainha da Paz

 


Apostolo da Oração

O Apostolado da Oração nasceu numa casa de estudos da Companhia de Jesus em Vals na França, no dia da festa de São Francisco Xavier em 1844, pelo Pe. Francisco Xavier, em um grupo de estudantes, cujo patrono é São Francisco Xavier.
No Brasil, o Apostolado da Oração foi fundado no dia 30 de junho de 1967 pelos padres jesuítas, Pe Bento Schembri foi o seu fundador e o primeiro diretor.
Aqui em Cruzília, foi fundado pelo então pároco Pe. José Vicente Lerias no dia 14 de junho de 1910.
A devoção ao Coração de Jesus é uma resposta lúcida, consciente e comprometida com o amor gratuito e universal de Deus para com seu povo.
 


Associação São José – OVS

A OVS, Obra das Vocações Sacerdotais, é uma associação de leigos que procura atender ao pedido de Jesus Cristo: “Pedi ao Senhor da messe que envie operários, pois a messe é grande e os operários são poucos”. 
A OVS ou Associação de São José apresenta duas características particulares: a oração e o trabalho pelas vocações sacerdotais. 
Em Cruzília, a OVS foi criada pelo Revmo. Monsenhor Ademar Pinto, no dia 14 de abril de 1937.
Sua diretoria consta de uma presidente, uma secretária e uma tesoureira, que, juntamente com os demais associados, sempre invoca a proteção e as bênçãos de São José e o espirito de piedade para cada vez mais, trabalharem unidos, em favor da grande Obra das Vocações Sacerdotais.

 


Catequese

Desde Monsenhor João Câncio até Padre Adhemar Pinto não consta nos livros do tombo sobre a catequese.
Consultando a Sra. D. Aparecida ela me disse que frequentou a catequese no tempo do Pe José Vicente o 2º Pároco de Cruzília.
No tempo do Pe Adhemar Pinto de 1937ª 1944 o tempo que ele era Pároco havia a catequese.
Com a vinda do Pe José Geraldo Arantes durante os 33 anos de Pároco ele deu total incentivo a catequese.
Com o Vaticano II, uma nova abertura na Igreja, sendo valorizada as Pastorais a catequese foi bem organizada com a formação dos catequistas com cursos, reuniões, retiro espiritual, valorização com equipamento adequado para as aulas.
 


Conferência Vicentina Nossa Senhora de Fátima – Sociedade São Vicente de Paulo

Fundada em 30 de outubro de 1983. Reunimos seis pessoas, ou melhor, seis confrades e fundamos a conferência, decidimos colocar o nome de Nossa Senhora de Fátima porque os nossos trabalhos seriam na Comunidade de Fátima.
Atualmente é composta de treze membros, homens e mulheres leigos, católicos de boa vontade, chamados “vicentinos”, que prestam serviços voluntários à comunidade. Servem aquele que estão em necessidades, qualquer que seja a sua religião, o seu meio social ou étnico, o seu estado de saúde, o sexo e particularidades culturais ou opiniões políticas.
Com a graça de Deus, ainda temos um dos fundadores que é o Sr. João Alvarenga Filho.
O principal objetivo da Conferência é prestar ajuda à comunidade, doando cestas básicas de alimentos. Não recebemos nenhum tipo de ajuda financeira das autoridades governamentais. Sobrevivemos com ajuda da própria comunidade através de arrecadações de alimentos que fazemos mensalmente que depois de separados são doados às famílias carentes.
Atualmente estamos assistindo treze famílias com a graça de Deus e da comunidade.
Reunimos toda quarta-feira, na casa do Sr. João Alvarenga, situada à Rua Cel Serafim Pereira, 320.
É com muita alegria e satisfação que nossa Conferência completa neste ano de 2013, trinta anos de existência, graças a Deus.
 


Conferência Vicentina São Sebastião

Em janeiro do ano de 1933 na terra da Encruzilhada, nascia a Conferência Vicentina São Sebastião da Sociedade São Vicente de Paulo, fundada pelo vigário da época Monsenhor João Câncio e demais confrades. Hoje a Conferência conta com quatorze membros.
Os vicentinos procuram pela oração, pela meditação da Sagrada Escritura e pela fidelidade aos ensinamentos da Igreja, ser testemunhos do amor a Cristo, em suas relações com os mais desprovidos.
 


Congregação Mariana Nossa Senhora Aparecida São Luiz Gonzaga - 73 anos de vida

“No calor de Jesus, sob a proteção do manto de Maria, que Deus Pai de amor e de bondade, nos abençoe e nos guarde”.
Há muitos anos precisamente no final de 1939, o nosso então Pároco, Padre Adhemar Pinto, grande devoto de Nossa Senhora, convocou alguns jovens de nossa Paróquia e os instruiu sobre a verdadeira devoção à Virgem Santíssima. E após as necessárias preparações lançou a semente da Congregação Mariana em Cruzília, recepcionando a primeira turma em 20 de janeiro de 1940.
Foi uma bela recepção e comovente o canto do hino dos Congregados.
Assim foi fundada a Congregação Mariana Nossa Senhora Aparecida São Luiz Gonzaga. Esse fato marcou época na história religiosa da nossa comunidade.
A semente fertilizada tem dado frutos de grande valor espiritual. É hoje uma frondosa árvore que, no decorrer de 73 anos, vem trabalhando silenciosamente em nossa Paroquia.
A Congregação vem caminhando com participação constante na Igreja, reuniões mensais, missas dominicais, retiros espirituais, encontros regionais em nossa diocese. Participação no segundo domingo de novembro de cada ano em Aparecida do Norte na grande concentração das Congregações Marianas do Brasil da qual chamamos de Romaria do Terço. Comemoramos com grande jubilo o dia do Congregado Mariano no terceiro domingo de maio. Participamos de eventos e grande ação na Paróquia, pois como diz São Tiago: “A fé sem obras é morta”.
Nós Congregados elevemos a Deus os nossos agradecimentos por estarmos crescendo no amor fraterno e solidário, sob o manto protetor da Imaculada Conceição. Continuemos confiantes no Eterno Pai, que sempre nos abençoa e nos conduz. E a ele pedimos o descanso eterno do nosso querido fundador, Pe Adhemar Pinto.
 


Coroinhas

A palavra coroinha significa aquele que colabora com as celebrações, ajuda nas missas.
A palavra coroinha é meninos que prestam serviços a Igreja ajudando as missas e celebrações. É o que fica mais próximo da mesa do altar.
Hoje em nossa Paróquia o grupo de coroinhas se compõe por meninos e meninas e equipe de coordenação.


Grupo de Acólitos São Francisco de Assis

Criado em 2003 em nossa paróquia, o Ministério Acolitato contava com jovens da comunidade. Eram poucos mas o suficiente para servirem o altar de nossas igrejas.
Com o apoio de Pe Ednaldo Barbosa o grupo de acólitos foi crescendo ao longo do tempo e o incentivo aos jovens aumentando cada vez mais a servirem o altar de Cristo.
Desde o início o grupo tem como coordenadora a Andréia que se empenha até hoje em mantê-lo, buscando também mais jovens a participarem do Ministério.
As principais funções do acólito é auxiliar o sacerdote nas celebrações, com a missa e na preparação da mesa para o ofertório. Também auxilia nas adorações e bênçãos do Santíssimo, batizados e nas demais celebrações da Igreja. Destaca-se também as funções de turiferários (acólito que usa o turíbulo para incenso, batem os sinos antes das missas e em função mais destacada o co-auxiliar do padre, também chamados de acólitos cerimoniários.
Tudo ocorre com a vontade de cada jovem ser instituído acólito, ou seja, dizer eis me aqui diante do Senhor. É muito importante que se entregue com toda a comunidade, que desenvolva realmente um trabalho pastoral, contribuindo para o surgimento de novas lideranças, incentivando a integração de novos elementos com o grupo.
Vestidos de vermelho e branco na Paróquia de São Sebastião o grupo de Acólitos São Francisco de Assis, conta hoje com 43 acólitos a disposição dos padres de nossa abençoada Paróquia, sendo 40 acólitos auxiliares entre missas e mesa e 3 cerimoniários.
Comemorando os 140 anos de criação da Paróquia de São Sebastião este é mais um Ministério presente em nossa comunidade que tem um enorme brilho aos olhos de todos, sendo acólito ou até mesmo aprofundar-se ainda mais a uma vocação sacerdotal que pode surgir deste movimento religioso.
Ser acólito: abençoada vocação. É ser chamado a servir a Deus e a sua Igreja. É também ser mensageiro de Cristo.
 


Ministério da Palavra

Após o concilio Vaticano II que foram acontecendo as mudanças na igreja. Então no ano de 1969 no dia 30 de novembro teve inicio o 1º ano litúrgico, começava ali a organização da liturgia nas paróquias.
Em 1970 as leituras das missas passaram a serem feitas em português, por casais convidados na hora da celebração eucarística.
Hoje a igreja caminha proclamando, levando a palavra de Deus, numa organização maior ainda.
A liturgia hoje é dividida em Ministérios, Ministério da Palavra, Ministério da Sagrada Comunhão, Ministério dos Acólitos, Irmandade do Santíssimo e Coroinhas.
A assim caminha o povo de Deus na Terra da Santa Cruz, há 140 anos de geração em geração, acreditando na palavra proclamada e procurando vivenciá-la.
 


Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão

Considerando o crescente movimento da Paróquia e a atenção dispensada aos doentes e enfermos e usando das regalias da CNRB foi criado em nossa Paróquia o MESC (Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão) pelo então vigário Pe. José Geraldo Arantes.
Os dois primeiros escolhidos foram Paulo Alvarenga e Pedro Avelino Arantes da Congregação Mariana local, que cheios de fé abraçaram e disseram sim ao chamado.
Daí em diante diversos exerceram o Ministério na cidade e na zona rural.
No paroquiado de Pe. Guilherme Porto foram admitidas duas senhoras: Lucy Gonçalves e Maria Aparecida Ribeiro Ferreira.
Hoje (2013) a Paróquia conta com 115 ministros.

Obrigações dos MESC:
1º - Deverão comparecer nas missas dominicais, dias santificados e diversas celebrações nos horários marcados.
2º - Levar comunhão aos doentes e idosos em suas casas.
3º - Presidir as exéquias quando determinado.
4º - Ir a casa do velório três vezes e rezar os 7 dias após o enterro.
Conselhos:
1º - Faça tudo com amor. 
2º - Estudar o catecismo ou fazer sempre uma boa leitura.
 


Pastoral da Criança Organismo de Ação Social da CNBB

Teve inicio na Paróquia de Cruzília em novembro de 1996 sob a direção do Padre Luis Vieira Arantes. 
A comunidade de Fátima foi escolhida para inicio da pastoral com 8 lideres, 44 famílias e 61 crianças cadastradas. Em 2002 ela se expandiu nas comunidades Olaria, Nossa Senhora das Dores e Imaculada Conceição e em 2007 na comunidade Santo Expedito.
 


Pastoral da Saúde São Camilo

A Pastoral da Saúde São Camilo foi fundada em 18 de outubro de 1978 por Irmã Stela, Camiliana do Hospital Dr. Cândido Junqueira.
Com o objetivo de levar ao doente da comunidade cruziliense um conforto espiritual, uma visita amiga, os agentes cadastrados na Pastoral participam de reuniões mensais, trocam ideias, facilitam ao enfermo ora o remédio, ora a cadeira de rodas, o andador, a muleta.
Anexada ao Banco da Providência, entidade filantrópica, a Pastoral hoje trabalha na confecção de peças de vestuário, crochês, tricô, sendo toda a renda revertida na compra de remédios, de cadeiras higiênicas, de rodas, muletas e no pagamento de exames para os doentes mais necessitados. Conhecida também como PASCRUZ.
 


Pastoral Familiar

A pastoral familiar de Cruzília foi implantada na paróquia em 1991 com o objetivo de trabalhar em função das famílias e para as famílias.
Há 22 anos a pastoral familiar está firme na paróquia, ajudando na restauração das famílias para que permaneçam na fé, e sirvam de exemplo de geração em geração, contando sempre com as bênçãos da Sagrada Família de Nazaré.

 

 

Última modificação emSexta, 22 Novembro 2013 13:55
Mais nesta categoria: « Comunidades Especial 140 anos »

Deixe um comentário

voltar ao topo