bet365.co.uk

download theme

Glorioso Mártir São Sebastião, interceda por nós e dai-nos a sua proteção.

Comunidades

  • Escrito por 
  • Imprimir E-mail
Abaixo segue um pequeno histórico em ordem alfabética das 14 Comunidades Urbanas e Rurais de Cruzília. Caso queira completar ou sugerir alguma alteração, por favor envie um email para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Comunidade do Cafundozinho

Pelos meados da década de 40, o pároco José Geraldo Arantes celebrava as missas na casa da D. Nina e daí surgiu a ideia de construir uma igreja.
Em 1948 é celebrada a primeira missa colocando a pedra fundamental.
Assim sonhos que são compartilhados sempre serão realizados, como aconteceu com a construção da Igreja do Cafundozinho, até que certo dia o povo se emociona com a inauguração da igreja e agradece a Deus e a Nossa Senhora Aparecida pela vitória alcançada.
 


Comunidade Nossa Senhora das Dores - Igreja das Dores – Centro Comunitário da Vila Magalhães

A 29 anos atrás um sonho tornou-se realidade para o povo da Vila Magalhães e para a Paróquia de São Sebastião de Cruzília. Em 15 de setembro de 1984.
Aos 27 de março de 1983 num Domingo de Ramos foi solenemente benta a pedra fundamental.
A pedra fundamental era uma caixa quadrada de pedra ardósia onde colocou-se a ata e foi lacrada e colocada na soleira da entrada principal do Centro Comunitário na escadaria. No dia 28 de março, Segunda Feira Santa iniciaram definitivamente as obras de construção da sonhada Igreja da Vila Magalhães.
Com a ajuda da Divina Providência as obras foram concluídas em 15 de setembro de 1984.
Após as festividades de inauguração a comunidade iniciavam seus trabalhos espirituais e pastorais: catequese, a criação do grupo de jovens Nova Esperança, Grupo de Renovação Carismática, Novena do Santíssimo, além das celebrações.
A comunidade é atuante até hoje e cada vez mais vem crescendo.
 


Comunidade Nossa Senhora de Fátima - Igreja Nossa Senhora de Fátima

Pe. José Geraldo Arantes idealizou e deu início a construção da Igreja Nossa Senhora de Fátima, mais ou menos nos anos 50.
A planta foi cópia da primeira Igreja Matriz de São Sebastião de Cruzília.
A obra ficou paralisada durante alguns anos.
Reiniciou-se a construção da igreja em 1971, com a ajuda do prefeito Dr. Domingos Lollobrigida de Souza, a pedido do Vigário da época Pe. José Geraldo Arantes.
Foi composta uma comissão para construção e término da Igreja: Dr. Domingos Lollobrigida de Souza, José Mângia Pereira, Sebastião Luís de Souza e José Virgilio da Rocha (construtor da igreja).
Foi composta também uma comissão para coordenar a visitação de Nossa Senhora de Fátima às casas: Iêda Francisca Batista de Souza, D. Mariinha, Pedro Maciel Penha, Pedro Avelino Arantes, Paulo Alvarenga, Augusta de Jesus Silva, José Augusto (Batistinha) e Lourdes Simão.
Foram feitas barracas, quermesses, leilões, rifas para angariar donativos para a construção e término da Igreja Nossa Senhora de Fátima.
Dr. Domingos Lollobrigida de Souza foi a Brasília para pedir ao Cônsul da Embaixada de Portugal a imagem Fac-Símile da Imagem de Nossa Senhora de Fátima de Portugal, que atendeu o seu pedido e efetivamente essa imagem chegou a Cruzília em 1974.
A chegada foi festiva em carros ornamentados.
A imagem foi coroada pelos anjos Gilda Maciel da Rocha, Maria Conceição Batista de Souza Ferreira e Adélia Maria Batista de Souza.
 


Comunidade Nossa Senhora do Rosário - Igreja do Rosário

A história da Comunidade Mãe em nossa Paróquia se confunde com a criação da própria Paróquia, pois foi a primeira comunidade e dela nasceram as demais.
Em 1905 o povoado da então chamada “Encruzilhada”, lançou novas ideias para o desenvolvimento da Paróquia que era independente do poder político, pois no pais a Igreja é separada do Estado. Então algumas pessoas se reuniram com Monsenhor João Câncio, Pároco da cidade e expuseram a ideia da construção de uma Igreja, no caso a Igreja Nossa Senhora do Rosário.
Sendo aprovada a ideia pelo então Monsenhor João Câncio, começaram as obras que devido a problemas de material, levou cinco anos de construção, só terminando em 1910, e no dia 21 de março daquele ano foi inaugurada.
Foi uma das últimas obras de Monsenhor João Câncio, pois cinco meses depois, em 17 de agosto daquele ano de 1910, Monsenhor João Câncio faleceu.


Hoje, Concílio Vaticano II

No paroquiato do então Padre Ednaldo Barbosa, se deu a reforma da Igreja, com inicio em 2007. Como disse o próprio Padre Ednaldo, não foi fácil!
Tiveram de deixar apenas as paredes da Igreja de pé, necessitando ser arrumada, com isto começou a reforma da Igreja.
De 23 a 31 de outubro a Paróquia de São Sebastião vivenciou dias memoráveis para a Reinauguração da Igreja que esta completaria 100 anos da morte de Monsenhor João Câncio dos Reis Meireles, fundador da Paróquia e construtor da Igreja de Nossa Senhora do Rosário.
A dedicação da Igreja do Rosário aconteceu no dia 26 de outubro, numa noite chuvosa, a multidão se aglomerou nas tendas e casas que rodeiam a Igreja. Fo uma celebração emocionante, com a presença de vários sacerdotes. Assim escreveu sobre a dedicação da Igreja do Rosário, o Sr. Marco Antônio Neuenschwander Penha, coordenador do conselho da Comunidade do Rosário (Comunidade Mãe):
“Chegamos ao fim da reforma da Igreja. De uma pequena troca de forro a uma transformação que enche os olhos de todos os Católicos e principalmente de todos os cruzilienses”.
A transformação ocorre em 2007, com os andaimes para a retirada do telhado e o madeiramento estragado. Em 2009 com os andaimes para a pintura e acabamento externos.
Dos primeiros aos últimos envolvidos, responsáveis pela finalização, foram dois anos de muito trabalho para deixar a Igreja do Rosário na beleza que está agora. Foram muitos esforços para que a obra se realizasse.
Ontem uma Igreja interditada por causa dos cupins e eminência de queda. Hoje uma realidade, um patrimônio entregue ao povo de Cruzília. Ontem pelo entusiasmo de Monsenhor João Câncio e seus paroquianos construiu-se uma pequena Igreja. Hoje, pelo entusiasmo e empenho de Padre Ednaldo e atuais paroquianos, Cruzília tem uma linda Igreja para servir as novenas e adorações do Santíssimo, aos terços diários e as missas.
Agradecemos ao Monsenhor João Câncio por ser o grande idealizador e responsável pela construção desta Igreja.
Agradecemos também a todos que ajudaram, cooperaram e contribuíram para que esse sonho comum se tornasse realidade.
“Que Nossa Senhora do Rosário interceda junto ao Senhor Deus em favor de todos que se empenhou nesta obra que hoje está sendo entregue aos paroquianos Cruzilienses”.

Ata da dedicação de Igreja e Altar
Aos vinte e seis dias do mês de outubro do ano do Senhor de dois mil e nove, o Excelentíssimo e Reverendíssimo Dom Frei Diamantino Prata de Carvalho, da ordem dos Frades Menores, Bispo da Diocese da Campanha, dedicou a Igreja e o Altar de Nossa Senhora do Rosário, na Paróquia de São Sebastião em Cruzília/MG. 
Com a afluência de numerosos fiéis de toda cidade, alegres pela restauração da Igreja, o Rito da dedicação se realizou no decurso da Celebração Eucarística. 
E para constar, lavrou-se a Ata que vai assinada pelo Bispo Diocesano e Pároco da cidade.

Cruzília, 26 de outubro de 2009.

Dom Frei Diamantino Prata de Carvalho
Bispo da Diocese da Campanha

Padre Ednaldo Barbosa
Pároco da Paróquia de São Sebastião de Cruzília
 


Comunidade Nossa Senhora Imaculada Conceição - Bairro Ventania

O Bairro Imaculada Conceição teve inicio nos anos de 82 e 83 com a compra do terreno pelo Sr. Adolfo Mauricio Pereira, tendo inicio as obras do Complexo Humano da Ventania juntamente com as obras de 6 casas populares onde iniciou o bairro.
Nos anos de 89 a 92 deu inicio a 2ª parte do bairro com 45 casas populares e inicio do Asilo Ozanan, nos anos de 93 a 96 foi construído o escadão, foram feitas várias obras de infraestruturas.
Os anos foram se passando, o bairro foi crescendo, ruas foram calçadas, iluminação foram feitas e casas cada vez mais aumentando.
Nos anos de 2001 a 2004 como o nome era Ventania, e com a vinda da imagem da Santa Imaculada Conceição esculpida pelo Sr. Roberto Guimarães de Minduri e benzida pelo Padre Ednaldo Barbosa.
A imagem foi colocada no escadão, onde são celebradas as missas e terços. Pelos devotos da Santa ficou denominado o nome do bairro Nossa Senhora Imaculada Conceição.
 


Comunidade Santa Bárbara – Rio do Peixe

Santa Bárbara antes rezava missas nas casas.
Em 1996 veio morar no Rio do Peixe o Sr. Barretos, antiga venda Milton Campos. Ele tinha uma promessa em fazer uma capela em nome de sua filha Bárbara. Assim começou a construção com a ajuda das comunidades vizinhas.
O pedreiro foi o Sr. Tirrina e seu filho Ademir. Em 1999 foi celebrada a primeira missa, no dia 28 de novembro, às 4 horas, pelo Padre Humberto.
 


Comunidade Santa Rita - Chalé

A comunidade começou a mais ou menos 30 anos, quando Monsenhor Luis pediu que se escolhesse um padroeiro, foi então que se escolheu Santa Rita.
Com muita fé, união, amor e trabalho sério construiu-se a tão sonhada capela.
A primeira missa foi no dia de Santa Rita, em 2006.
 


Comunidade Santo Antônio - Goiabeiras

A Comunidade tem como padroeiro Santo Antônio. Santo Antônio chegou na comunidade em fevereiro de 1986.
Agora a capela está pronta para receber os fiéis, com carinho onde os fiéis poderão usufruir de um ambiente de oração, agradecimento e louvores que com certeza lhes darão tranquilidade e muita paz.
 


Comunidade Santo Expedito

A comunidade se une então com um só objetivo: erguer a Igreja dedicada a Santo Expedito.
Em 19 de abril de 2010 foi celebrada a primeira missa na Igreja em construção.
No ano de 2011, a comunidade tem a honra de elevar a imagem de Cristo Redentor para a cúpula da igreja e Padre Dehon, mais uma vez com suas sábias palavras, destaca que Cristo está sempre de braços abertos para as pessoas, tanto nas alegrias assim como nas tristezas.
Atualmente a construção da Igreja está em fase de acabamento.
Comunidade unida e sonho concretizando.
 


Comunidade Santo Reis

A companhia dos Reis Magos do Angola é uma tradição que se passa de pai para filho, valorizando a cultura mineira.
Em 2004, o Sr. Eli augusto Pereira, fica muito doente e seu irmão Joaquim Augusto Pereira, membro da Companhia de Reis, fez uma promessa, se ele fosse curado, a comunidade juntamente com o Sr. Eli, ergueria uma capela em honra aos Três Reis Magos, e isso veio a acontecer, a grande graça alcançada, com a ajuda dos devotos e moradores da comunidade.
Em maio de 2009 tudo se concretizou, em 29 de outubro deste mesmo ano, houve a colocação da pedra fundamental.
 


Comunidade São Cosme e Damião

Comunidade criada em março de 2009, após uma reunião com o Pe Ednaldo Barbosa e os moradores do bairro Recanto das Rosas e parte do bairro Kennedy. Depois de vários encontros, orações e acolhidas no salão comunitário, escolhidos por aclamação os santos gêmeos São Cosme e São Damião, os quais celebram no dia 26 de setembro. 
A comunidade agora instituída Comunidade São Cosme e São Damião, recebe a primeira visita abençoada de Nossa Senhora das Dores na Semana Santa. 
E para nos engrandecer ainda mais, nossa comunidade cresceu. Hoje com novos setores, novos membros e mais unida em busca da vivência do evangelho de Cristo: a exemplo de São Cosme e São Damião.
 


Comunidade São João Batista – Pinheiros e Vargem Alegre

A Comunidade já existia com todos os seus antepassados, era unida e reunia pela oração do terço. 
O Sr. Nelson Esau doou o terreno para a construção da Igreja e tivemos a aprovação de Pe. Ednaldo. 
No dia 29 de junho de 2009 foi o primeiro mutirão para a construção. No dia 20 de setembro de 2009, às 14h, foi celebrada a primeira missa e colocada a pedra fundamental da capela. 
No dia 31 de janeiro foi a inauguração da Igreja e celebrada a primeira missa.
 


Comunidade São João Batista – Bairro Olaria

O Seminarista José Antônio fez as missões, dai começou a ideia de construir um salão (São João Batista) com dois andares, em junho de 1996 começou a construção do salão. Nosso pároco era Pe Luis, hoje Monsenhor. 
Em 23 de julho, num domingo inaugurou o Salão São João Batista com a santa missa. A missa foi celebrada na porta do salão por não caber, havia muita gente do lado de fora. 
O doador do terreno foi Sr. Zezinho, com a introdução do Santíssimo hoje é Capela São João Batista.
 


Comunidade Vista Alegre e Narciso - Padroeira Santa Inez

Já como de costume fazemos desde o início a Novena de Nossa Senhora Aparecida e frequentamos missas na capela de São José do Favacho.
No ano de 1983 fomos agraciados com a celebração das Santas Missões realizada na Fazenda Narciso por missionário redentorista. Onde a Comunidade das Goiabeiras se juntou conosco. Nesta época eu Mauro Donizete Ferreira fiquei como coordenador por alguns anos onde fizemos cultos comunitários nos domingos, às duas da tarde sobre a sombra de uma árvore de Santa Bárbara em frente a Fazenda Narciso.
O nosso pároco o Padre Luiz celebrou missa também no fim da década de 80 e princípio da década de 90. Recebemos a graça de ter como padroeira a nossa Santa Inez pelas mãos do Pe Luiz. A escolha dessa padroeira foi escolhida na época por três jovens que eram Ana Lúcia, Inez e Leonilda.
A imagem ficou na escola por algum tempo e quando a escola foi desativada ficou nas casas na comunidade. Por volta do ano de 2000 recebemos o Sacrário e o Santíssimo e nossos primeiros Ministros da Sagrada Comunhão que foram Aldair Ribeiro Pinto e Mauro Donizete Ferreira. Montamos a capela de Santa Inez e realizamos a festa de Santa Inez e novenas do Santissimo.
Logo após o jovem Alex Sandro da Silva Ferreira também se formou como Ministro da Eucarista e os coroinhas Carlos Eduardo e Jonatha.
Nesta época em nossos encontros semanais já era nas quartas feiras ás 18 horas, onde Janete Ribeiro Pinto e Franciele da Silva Ferreira ajudavam com leituras e cânticos. Nesta época também já oferecíamos a catequese para nossas crianças e jovens com os catequistas Franciele da Silva Ferreira e Alex Sandro da Silva Ferreira.
E neste ano de dois mil e treze nossa comunidade trabalha com os Ministros da Eucaristia que são: Anizio Ferreira Pinto e Fabricio da Silva Maciel, o coroinha Vinicius de Jesus da Silva Ferreira, os leitores que compõem a comunidade como Franciele e Carlos Eduardo entre os outros e oferecemos a catequese de Primeira Eucaristia e Crisma sendo a catequista Franciele.
Este ano recebemos as Santas Missões Populares.
Hoje em nossa comunidade recebemos pessoas das Comunidades Vista Alegre, Narciso, Norremose e Bongue, onde recebemos missa mensal com confraternização no final da missa.

Última modificação emSexta, 22 Novembro 2013 13:28
Mais nesta categoria: « Todas as notícias Forças Vivas »

Deixe um comentário

voltar ao topo